Isolação Térmica

Quando falamos em isolação térmica, na verdade falamos em impedir que calores provenientes de outros ambientes atinjam o ambiente que se deseja isolar. Isso pode ser feito com a aplicação de um material de baixa condutividade térmica, que diminua sensivelmente a propagação do calor.

A busca do conforto passou a ser uma necessidade dos dias atuais. Podemos definir conforto como a sensação de bem-estar dentro de um ambiente. Essa sensação pode ser termicamente obtida diminuindo-se as trocas de calor dentro desse ambiente. E quanto melhor a isolação, menores serão as trocas, e maior será o conforto obtido.

Sabemos que a temperatura do ar e a umidade são importantes para o conforto. A respiração e a evaporação da pele também causam alterações no ambiente. Mas existe um outro fator que também tem grande responsabilidade sobre o resultado térmico do ambiente: a temperatura das paredes.

Imagine um cômodo cuja parede externa receba sol durante grande parte do dia. Ao entardecer, a sensação térmica dentro deste cômodo será desagradável, pois grande fluxo calorífico estará ocorrendo entre as partes desse ambiente. Isso causa desconforto para o organismo, a ponto de se evitar estar ali naquele momento.

Daí podemos concluir que não é a temperatura alta ou baixa que causa desconforto, mas sim a diferença de temperatura dentro do ambiente. Pode-se obter um ambiente agradável em alta ou baixa temperatura, desde que elas se mantenham constantes. A melhor forma para se obter isso é manter a temperatura das paredes tão próxima quanto possível da temperatura do ar interior (a diferença não deve ultrapassar 4oC).

Isolação contra o calor

O sol é nossa maior fonte de calor. A absorção dos raios solares varia de acordo com o coeficiente térmico de cada material. Ou seja, cada material, de acordo com a sua estrutura, terá um temperatura própria, depois da exposição aos raios solares.

O aquecimento do ar diretamente pelos raios do sol é de baixa importância, uma vez que as moléculas estão sempre em movimento. A maior causa do aquecimento dos ambientes é a liberação do calor dos materiais que foram aquecidos pelos raios solares. Por exemplo, para um temperatura ambiente de 25oC, a temperatura de um telhado feito por telhas de barro pode chegar a aproximadamente 65oC, e um telhado de fibrocimento pode chegar a 90oC.

Salvo em ambientes com ar condicionado, teremos um regime térmico descontínuo. A isolação tem como objetivo diminuir o aquecimento das paredes e coberturas de um ambiente, diminuindo a absorção de calorias e a conseqüente propagação das mesmas, diminuindo o fluxo calorífico que atravessa as paredes. Mesmo em casos de ambientes climatizados artificialmente, a estabilidade térmica pode causar uma redução significativa nos custos.

Isolação contra o frio

A isolação contra o frio ocorre da mesma forma do que contra o calor, só que em sentido inverso. Nesse caso, temos um ambiente externo com temperatura inferior ao ambiente externo. De acordo com as leis do fluxo calorífico, a temperatura sempre tende do material mais quente para o mais frio. Aqui, o isolamento atua impedindo que o calor de dentro do ambiente se dissipe.




ISOVEG INDÚSTRIA COMÉRCIO E REPRESENTAÇÃO DE ISOLANTES TÉRMICOS LTDA
Al. das Andorinhas, 45 - Embu-Guaçu/SP - 06900-000 - Fone (11) 4661-6604 isoveg@isoveg.com.br